Receba Nosso Feed

Receba Todas as Nossas Atualizações em Seu E-mail:

Páginas

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Servos Inúteis


Lucas 17.7-10
 "Qual de vocês que, tendo um servo que esteja arando ou cuidando das ovelhas, lhe dirá, quando ele chegar do campo: ‘Venha agora e sente-se para comer’?
Pelo contrário, não dirá: ‘Prepare o meu jantar, apronte-se e sirva-me enquanto como e bebo; depois disso você pode comer e beber’?
Será que ele agradecerá ao servo por ter feito o que lhe foi ordenado?
Assim também vocês, quando tiverem feito tudo o que lhes for ordenado, devem dizer: ‘Somos servos inúteis; apenas cumprimos o nosso dever’. 
Lucas 17:7-10

Não existe nada melhor do que estar na presença do Senhor. Penso que, como cristãos, devemos desejar para o próximo, tudo de bom que desejamos para nós. Fazer pelos outros, tudo que gostaríamos que fizessem por nós. Um filho que ama o pai, faz tudo por ele e o pai que ama o filho, faz tudo o que contribui para o bem do filho. Quanto mais o Senhor, que deseja o melhor para nós, que contribui para o bem dos seus filhos.
 E agora pergunto: “O que você tem feito para Ele?”
Alguém responde: “- Opa! De mim não se tem o que reclamar. Vou ao culto terça, quinta e domingo, sou dizimista, levita. Faço muita coisa, irmão!”
Novamente eu pergunto: “- O que você tem feito para Ele?”
Alguém responde: “Eu oro, jejuo, leio a Bíblia, enfim, estou sempre conectado com o Senhor”.

Perceba que essas respostas seriam mais adequadas se tivesse sido perguntado: “- o que você faz pela sua vida espiritual?”. Mas, na verdade, a sua motivação é quem diz se você está fazendo algo para Deus ou para você... para a Glória do Senhor ou para sua autopromoção... para que Ele cresça ou para que você apareça.

Sem a menor pretensão de colocar o dedo no seu rosto e apontar qualquer falha, desafio você a ampliar a sua visão periférica e perceber de ângulos diferentes, o tamanho da responsabilidade e importância que você tem na obra de Deus.
Como é de conhecimento de todos, Jesus pagou um alto preço, que custou o seu sangue derramado em uma cruz para que tivéssemos vida eterna. Isso significa que Ele não foi crucificado para que sejamos acomodados tendo uma vida cheia de regalias e conforto, reclamando da falta de tempo, rejeitando as batalhas e tribulações.
Jesus disse: “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” João 16.33

O texto em Lucas 17.7-10 é um questionamento onde Jesus nos ensina sobre um homem que tinha um servo que prontamente fazia o que lhe era ordenado. Veja que o servo não questionava, nem murmurava na execução de suas tarefas, ele apenas as cumpria.
Quantas pessoas nas igrejas esperam ser reconhecidas por algo que fizeram, e até guardam mágoas porque não ouviram um “obrigado” de ninguém. Mas veja esse exemplo, por acaso se você leva uma encomenda para um amigo, e lá chegando, você é recebido por um empregado dele, você espera ouvir um “muito obrigado” deste? Claro que não. Pois você não fez o favor ao empregado.  Assim é na obra de Deus. O pastor, o obreiro pode até agradecer, mas não devemos esperar isso, pois afinal essa não deve ser a sua motivação. A obra é do Senhor e d’Ele receberemos a recompensa.
“Sabendo que recebereis do Senhor o galardão da herança, porque a Cristo, o Senhor, servis.” Colossenses 3:2

A obra de Deus deve ser feita por amor e com amor. Quando se trabalha com prazer para o Senhor, não se espera reconhecimento nenhum, toda a honra e toda a Glória são d’Ele.
“Ora, ao Rei dos séculos, imortal, invisível, ao único Deus sábio, seja honra e glória para todo o sempre. Amém.” 1 Timóteo 1:17

Precisamos sair da comodidade, despertar para chegar a fazer pelo menos o que nos foi ordenado. Jesus disse: “Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo.” Mateus 28:19
Pregue o evangelho às pessoas, saia de dentro da caverna. Fazendo isso, você estará tão somente cumprindo apenas o que lhe foi ordenado, ou seja, sendo um servo inútil. Pode ser muito duro ouvir esta palavra, mas entenda, se é por amor ao Senhor, seria comum querer agradá-lo, chamar a Sua atenção com atitudes além daquelas que estão ao alcance de suas mãos.
Ser chamado de servo inútil significa dizer que o Senhor espera mais de nós, assim como podemos esperar muito mais d’Ele.

Queres ser útil? Não confunda trazei discípulos com fazei discípulos. Muitos cristãos ficam convidando pessoas para as igrejas como se estivessem fazendo a parte delas e quando acontece a conversão destes, simplesmente as esquecem e as deixam caminhando com suas próprias pernas, sem dar suporte espiritual e sem acompanhá-las. “Fazei discípulos” é colocar em prática o modo de Jesus em ensinar e cuidar, ir buscar, ligar pra saber se está tudo bem, chamar para orar e orientar segundo a Palavra. Não precisa ter um cargo de pastor para fazer isso. E muitas vezes, vemos novos convertidos embaraçados e voltando para o mundo cheio de decepções e questionamentos.

A verdade é que o povo de Deus está muito preocupado em receber suas bênçãos que não estão conseguindo ver que quando abençoamos, somos abençoados. Quando nos permitimos ser canal de benção para a vida dos outros, trabalhando para o crescimento do Reino, daí teremos de Deus as coisas que Ele tem preparado para nós. Como está escrito: “Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”. Mateus 6:3.


Alguns soberbos fazem pouco achando que estão fazendo muito, outros fazem o que Jesus ordenou: “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.”Marcos 16:15; estes devem humildemente dizer: Somos servos inúteis, pois apenas cumprimos o nosso dever.

Fazer a obra não quer dizer somente ir ou levar pessoas à igreja, significa trabalhar além das quatro paredes, evangelizar, semear, cultivar e produzir frutos para a Glória de Deus.

Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento.
E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.
Marcos 12:30-31


1° mandamento: Cultuar à Deus, amá-lo, servi-lo.
2° mandamento: Trabalhar na obra de Deus, resgatar vidas, congregar, viver em comunhão, produzir frutos.

Saia do comodismo, utilize as ferramentas que o Senhor te entregou e conquiste território. A alegria do Senhor é a nossa força.

A fé é a chave para ultrapassar a barreira da impossibilidade e conseguir ir além do que está ao seu alcance. Seja um canal de benção. 

Por Flademir Bernardo
Deus o abençoe. Compartilhe essa mensagem com seus amigos. Abençoe outras vidas.
Se você se alimentou, deixe um comentário ou testemunho.

5 comentários:

  1. Olá irmão, graça e paz do Senhor Jesus!!!

    Obrigada por seguir o meu blog! Estou aqui retribuindo e seguindo o seu também!

    Deus o abençoe sempre, e esteja a cada dia te dando sabedoria, discernimento, conhecimento e que você nunca se canse de aproveitar as oportunidades para propagar a Palavra de Deus, o amor de Jesus, e a Salvação através dEle por esta internet afora, e principalmente aqui no seu blog!

    Em Cristo,

    Claudia Paiva (Claudia Sunshine)

    http://blogdosultimos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Flademir Bernardo,

    Parabéns pelo blog e Glória a Deus por tudo de bom! Tiago 1:17; Apocalipse 4:11.

    Vários aspectos deste post me chamou a atenção, pois são pontos que penso com regularidade e comento com outros irmãos.

    1.Certamente, muitos confundem o que tem feito por Deus com o que estão fazendo por si mesmos. Das seis coisas que citastes das respostas de alguns, 3 delas cito com regularidade, pois escuto de muitos: ir aos cultos regularmente; ler a Bíblia e orar. Ora, quem faz essas coisas acha que está oferecendo algo a Deus? Não é exatamente ao contrário? Certamente.

    2.Asseguro-lhe que não há nem como eu possa sequer imaginar que nesse tom que utilizas no post, estejas estendendo o dedo na cara de alguém. Mas, entendo a sua cautela, pois a apatia de muitos, em vez de deixá-los mais humildes para reconhecer a necessidade de mudanças, parece melindrá-los.

    3.O alto preço que Jesus pagou é algo que devemos procurar manter vivo em em nossas mentes e em nossos corações a cada dia, a cada hora, quando possível a cada minuto. Tem uma passagem de Paulo aos Coríntios que sempre me ajuda a manter vivo o maior presente que recebemos de Deus:

    “Pois o amor de Cristo nos constrange, julgando nós isto: um morreu por todos; logo, todos morreram. E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.” 2 Coríntios 5:14,15, ARA.

    Na Bíblia de estudos Genebra, esses versículos são antecedidos por um subtítulo: “O zelo apostólico de Paulo”, mostrando sua preocupação em priorizar o evangelho em sua vida e na vida de outros que ele estava determinado a fazer o máximo em alcançar.

    4.Sua ilustração da encomenda levada a um amigo, mas recebida pelo servo, acompanhada do texto de Colossenses 3:2 é edificante. Nesse sentido, sempre lembro de Hebreus 6:10-12.

    5.Não confundir “trazei discípulos com fazei discípulos” me tocou consideravelmente. Muitas vezes nos concentramos na quantidade em detrimento da qualidade. Um alerta essencial nesse mundo corrido em que vivemos, onde o espírito de rivalidade atinge até mesmo os cristãos.

    6.A soberba de pensar que estamos fazendo muito, quando não fazemos nada, muitas vezes é movida pela tendencia pecaminosa que temos ao egoísmo. Fazemos muito por nós e por alguns quem temos um amor especial. Mas, muitas vezes esquecemos das palavras de Tiago 1:25-27.

    7.Por fim, o texto de 1 Timóteo 1:17 resume bem qual deve a nossa sincera e principal motivação ao levar o evangelho a outros.

    Obrigado pelo post e pelo espaço.


    Números 6:24-26
    Apocalipse 4:11
    Jairo Lima

    ResponderExcluir
  3. Olá Jairo,

    Obrigado pelo comentário. Fiquei muito feliz pela sua contribuição tão edificante aqui no blog.

    Que o Senhor te abençoe cada vez mais.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Belo Trabalho.

    Abraço do Irmão


    JOão.

    ResponderExcluir

Enriqueça mais essa discussão com seu comentário.

Postagens relacionadas