Receba Nosso Feed

Receba Todas as Nossas Atualizações em Seu E-mail:

Páginas

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Servos Inúteis


Lucas 17.7-10
 "Qual de vocês que, tendo um servo que esteja arando ou cuidando das ovelhas, lhe dirá, quando ele chegar do campo: ‘Venha agora e sente-se para comer’?
Pelo contrário, não dirá: ‘Prepare o meu jantar, apronte-se e sirva-me enquanto como e bebo; depois disso você pode comer e beber’?
Será que ele agradecerá ao servo por ter feito o que lhe foi ordenado?
Assim também vocês, quando tiverem feito tudo o que lhes for ordenado, devem dizer: ‘Somos servos inúteis; apenas cumprimos o nosso dever’. 
Lucas 17:7-10

Não existe nada melhor do que estar na presença do Senhor. Penso que, como cristãos, devemos desejar para o próximo, tudo de bom que desejamos para nós. Fazer pelos outros, tudo que gostaríamos que fizessem por nós. Um filho que ama o pai, faz tudo por ele e o pai que ama o filho, faz tudo o que contribui para o bem do filho. Quanto mais o Senhor, que deseja o melhor para nós, que contribui para o bem dos seus filhos.
 E agora pergunto: “O que você tem feito para Ele?”
Alguém responde: “- Opa! De mim não se tem o que reclamar. Vou ao culto terça, quinta e domingo, sou dizimista, levita. Faço muita coisa, irmão!”
Novamente eu pergunto: “- O que você tem feito para Ele?”
Alguém responde: “Eu oro, jejuo, leio a Bíblia, enfim, estou sempre conectado com o Senhor”.

Perceba que essas respostas seriam mais adequadas se tivesse sido perguntado: “- o que você faz pela sua vida espiritual?”. Mas, na verdade, a sua motivação é quem diz se você está fazendo algo para Deus ou para você... para a Glória do Senhor ou para sua autopromoção... para que Ele cresça ou para que você apareça.

Sem a menor pretensão de colocar o dedo no seu rosto e apontar qualquer falha, desafio você a ampliar a sua visão periférica e perceber de ângulos diferentes, o tamanho da responsabilidade e importância que você tem na obra de Deus.
Como é de conhecimento de todos, Jesus pagou um alto preço, que custou o seu sangue derramado em uma cruz para que tivéssemos vida eterna. Isso significa que Ele não foi crucificado para que sejamos acomodados tendo uma vida cheia de regalias e conforto, reclamando da falta de tempo, rejeitando as batalhas e tribulações.
Jesus disse: “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” João 16.33

O texto em Lucas 17.7-10 é um questionamento onde Jesus nos ensina sobre um homem que tinha um servo que prontamente fazia o que lhe era ordenado. Veja que o servo não questionava, nem murmurava na execução de suas tarefas, ele apenas as cumpria.
Quantas pessoas nas igrejas esperam ser reconhecidas por algo que fizeram, e até guardam mágoas porque não ouviram um “obrigado” de ninguém. Mas veja esse exemplo, por acaso se você leva uma encomenda para um amigo, e lá chegando, você é recebido por um empregado dele, você espera ouvir um “muito obrigado” deste? Claro que não. Pois você não fez o favor ao empregado.  Assim é na obra de Deus. O pastor, o obreiro pode até agradecer, mas não devemos esperar isso, pois afinal essa não deve ser a sua motivação. A obra é do Senhor e d’Ele receberemos a recompensa.
“Sabendo que recebereis do Senhor o galardão da herança, porque a Cristo, o Senhor, servis.” Colossenses 3:2

A obra de Deus deve ser feita por amor e com amor. Quando se trabalha com prazer para o Senhor, não se espera reconhecimento nenhum, toda a honra e toda a Glória são d’Ele.
“Ora, ao Rei dos séculos, imortal, invisível, ao único Deus sábio, seja honra e glória para todo o sempre. Amém.” 1 Timóteo 1:17

Precisamos sair da comodidade, despertar para chegar a fazer pelo menos o que nos foi ordenado. Jesus disse: “Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo.” Mateus 28:19
Pregue o evangelho às pessoas, saia de dentro da caverna. Fazendo isso, você estará tão somente cumprindo apenas o que lhe foi ordenado, ou seja, sendo um servo inútil. Pode ser muito duro ouvir esta palavra, mas entenda, se é por amor ao Senhor, seria comum querer agradá-lo, chamar a Sua atenção com atitudes além daquelas que estão ao alcance de suas mãos.
Ser chamado de servo inútil significa dizer que o Senhor espera mais de nós, assim como podemos esperar muito mais d’Ele.

Queres ser útil? Não confunda trazei discípulos com fazei discípulos. Muitos cristãos ficam convidando pessoas para as igrejas como se estivessem fazendo a parte delas e quando acontece a conversão destes, simplesmente as esquecem e as deixam caminhando com suas próprias pernas, sem dar suporte espiritual e sem acompanhá-las. “Fazei discípulos” é colocar em prática o modo de Jesus em ensinar e cuidar, ir buscar, ligar pra saber se está tudo bem, chamar para orar e orientar segundo a Palavra. Não precisa ter um cargo de pastor para fazer isso. E muitas vezes, vemos novos convertidos embaraçados e voltando para o mundo cheio de decepções e questionamentos.

A verdade é que o povo de Deus está muito preocupado em receber suas bênçãos que não estão conseguindo ver que quando abençoamos, somos abençoados. Quando nos permitimos ser canal de benção para a vida dos outros, trabalhando para o crescimento do Reino, daí teremos de Deus as coisas que Ele tem preparado para nós. Como está escrito: “Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”. Mateus 6:3.


Alguns soberbos fazem pouco achando que estão fazendo muito, outros fazem o que Jesus ordenou: “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.”Marcos 16:15; estes devem humildemente dizer: Somos servos inúteis, pois apenas cumprimos o nosso dever.

Fazer a obra não quer dizer somente ir ou levar pessoas à igreja, significa trabalhar além das quatro paredes, evangelizar, semear, cultivar e produzir frutos para a Glória de Deus.

Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento.
E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.
Marcos 12:30-31


1° mandamento: Cultuar à Deus, amá-lo, servi-lo.
2° mandamento: Trabalhar na obra de Deus, resgatar vidas, congregar, viver em comunhão, produzir frutos.

Saia do comodismo, utilize as ferramentas que o Senhor te entregou e conquiste território. A alegria do Senhor é a nossa força.

A fé é a chave para ultrapassar a barreira da impossibilidade e conseguir ir além do que está ao seu alcance. Seja um canal de benção. 

Por Flademir Bernardo
Deus o abençoe. Compartilhe essa mensagem com seus amigos. Abençoe outras vidas.
Se você se alimentou, deixe um comentário ou testemunho.

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

No fundo do poço ?




Chegando José, seus irmãos lhe arrancaram a túnica longa, agarraram-no e o jogaram no poço, que estava vazio e sem água. 
Gênesis 37:23-24

José foi um jovem que sofreu muito nas mãos de seus irmãos, pagou um alto preço pelo simples fato de ser obediente e também ingênuo. Ao contar os sonhos que tivera para seus familiares, José não imaginava que seria alvo de tamanha inveja, nem que sua vida estaria por um fio, dentro de um poço.
Estamos falando de invejas, traições, decepções e pessoas em geral. O poço, neste caso, são situações que nos trazem angústia, pânico, insegurança e desespero.

Mas a questão é: “O que é o fundo do poço? Onde é o fundo do poço?”

Geralmente, são conhecidas como o “fundo do poço”, as tribulações que aos olhos parecem não ter solução, quando todas as possibilidades de escape que estavam ao alcance já se esgotaram. Perceba que o fundo poço para alguns, não o é para outros. Por exemplo, quando um empresário milionário vai a falência, perde tudo e se torna pobre, talvez para ele isso seja o fundo do poço. Chegar até a condição mais indesejada para ele, não tendo mais o luxo, o conforto extremo, o carrão, talvez o leve a pensar até em tirar a própria vida, pois ele amava seu dinheiro e o seu “poder”. O pobre, muitas vezes, sente-se confortável em seu estilo de vida, de forma que não se sente como se estivesse no fundo de um poço. Vemos, com isso, que a expressão “fundo do poço” é relativa e que, justamente por isso, estar no fundo do poço depende do ponto de vista.

Os homens descritos na Bíblia, que foram lançados em poços ou cisternas, enfrentavam naqueles momentos, perseguições, tribulações, mas enquanto estavam ali, sem saber estavam fazendo parte dos planos do Senhor. Deus já tinha tudo preparado para retirá-los dali e honrá-los. E essa é a questão. Na nossa vida cristã, enfrentaremos problemas e até acharemos que chegamos ao fundo do poço em algum momento, mas devemos ter paciência, pois se estivermos firmes no Senhor e confiarmos n’Ele, logo, logo estaremos fazendo parte de suas estratégias. Afinal Sua Palavra diz: “O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.” Salmos 30:5(b)
Isso significa que você não vai permanecer no “fundo do poço”. Muitas vezes, o “fundo do poço” é o lugar onde aprendemos o valor das coisas simples que não valorizávamos, o preço por sermos tão acomodados e preguiçosos, enfim, o “fundo do poço” é relativo. O que não é relativa é a vontade de Deus em nos tirar de lá.
Lá dentro não existe vista para frente, para trás, nem para os lados, apenas para cima, como está escrito no salmo: Levanto os meus olhos para os montes e pergunto: “De onde me vem o socorro?” Salmos 121:1
Inevitavelmente, se queremos sair de dentro de um poço precisamos olhar para cima. É incrível como podemos aprender que somente o Senhor pode verdadeiramente fazer uma reviravolta em nossas vidas. Veja o que diz continuando o versículo 2 do salmo 121: “O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra”. Salmos 121:2

Devemos gritar, clamar e chamar a atenção d’Ele e assim após esse processo sairemos vitoriosos do lugar de vergonha e dor. Certa vez ouvi alguém dizer: “- Não existe beco sem saída para quem sabe olhar para trás.” Então posso dizer: “Não existe fundo do poço para quem sabe olhar para cima”.

Jesus diz: “- Qual de vocês, se tiver uma ovelha e ela cair num buraco no sábado, não irá pegá-la e tirá-la de lá? Mateus 12:11
Deus não permite que seus filhos fiquem caídos em covas ou poços. Acaso você esteja no fundo de um poço, grite porJesus, clame por Ele, ele o tirará desse buraco.
Ore, faça barulho, chame a atenção do seu Mestre e Ele te ouvirá. Não fique parado esperando alguém. Faça a sua parte.

Que Deus o abençoe em Nome de Jesus.
Por Flademir Bernardo
Compartilhe esta mensagem com seus amigos e familiares.

Curta nossa página no Facebook: http://www.facebook.com/verdejantes
Siga nosso blog no link: http://migre.me/bGecm


teceu que, chegando José a seus irmãos, tiraram de José a sua túnica, a túnica de várias cores, que trazia.

E tomaram-no, e lançaram-no na cova; porém a cova estava vazia, não havia água nela.
Gênesis 37:23-24

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Eu pequei, e agora?



Tem misericórdia de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; apaga as minhas transgressões, segundo a multidão das tuas misericórdias.
Lava-me completamente da minha iniquidade, e purifica-me do meu pecado.
Porque eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim.
Contra ti, contra ti somente pequei, e fiz o que é mal à tua vista, para que sejas justificado quando falares, e puro quando julgares.
Salmos 51:1-4

São pensamentos e atitudes que ainda no abstrato ou no concreto, agem como uma barreira que se ergue e afasta o homem da Presença de Deus. O pecado muitas vezes é representado como o símbolo de uma a maça, pela sua cor e aparência trazendo um sentido de algo desejoso de se experimentar. E não é mentira que o pecado é muito atraente e leva consigo uma camada de sabor agradável. A questão é que Deus, através de Sua Palavra nos adverte:
Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor.
Romanos 6:23”
Então por isso se percebe que ao fuçar e experimentar o pecado, logo após é possível sentir o azedo e o amargo que na verdade é o sabor real dele.
Precisamos nos revestir das armaduras de Deus, conforme Efésios 6.11-18.

“Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes. Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça;
E calçados os pés na preparação do evangelho da paz; Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno. Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos,
Efésios 6:11-18”



Talvez nesse momento alguém ainda esteja sentindo o gosto amargo do pecado, remoendo em sua mente porque cometeu algo e esteja se sentindo sujo diante de Deus. A atração do pecado muitas vezes cega a "vítima", fazendo com que ela esqueça de que os olhos do Senhor estão em todo lugar. E apesar de eu ter usado o termo "vítima" para aquele que caiu pelo pecado, não esqueço de que existem também aqueles que estão no pecado, mas não por terem sido simplesmente atraídos, mas estando acostumados com ele, o buscam com seus próprios pés.

É um perigo estar insensível ao pecado. Pois às vezes você solta um palavrão e não percebe, toma atitudes diferentes daquelas as quais você acredita e defende, jogando o seu testemunho de vida na lama, escarnecendo o Nome de Jesus. 

O problema de pecar não é só o cair pelo pecado, mas sim, o não levantar. Caiu? Levante-se, bata a poeira e continue a caminhada com Cristo. Não se deixe envolver pelo pecado. Ainda que haja uma luta na sua mente entre o querer e não querer, diga sempre verdadeiramente pra Jesus que você rejeita o pecado. Pense no constrangimento perante o Senhor após ter pecado. 
O importante é arrepender-se verdadeiramente e confessar o pecado ao Senhor. Então o Senhor que sonda o íntimo do coração dirá: "Eu não te condeno." 

"Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados," 
Atos 3.19

Deus ama aquele que se arrepende, conforme Sua Palavra diz: 
"Assim vos digo que há alegria diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende." Lucas 15.10

Eu pequei e agora?
- Arrependa-se e busque a Deus.


Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. 
Isaías 55.6

Deus o abençoe. 
Compartilhe esta mensagem com seus amigos e familiares. Abençoe outras vidas.
Curta nossa página no Facebook:  http://www.facebook.com/verdejantes/
Siga nosso blog.




Postagens relacionadas