Receba Nosso Feed

Receba Todas as Nossas Atualizações em Seu E-mail:

Páginas

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Ele sente a sua dor




João 11.1:45

Ao abrir o capítulo 11 do livro de João, nos deparamos com a ressurreição de Lázaro que a primeira vista remete o seguinte pensamento: “É verdade. Jesus é Deus e nada é impossível para Ele.”. Mas não é sobre essa verdade que quero tratar aqui. Apesar de Jesus expressar o seu Poder e sua condição divina, quero falar de Jesus em sua condição humana. E isso é testificado em João 1.15-18 “João testificou dele, e clamou, dizendo: Este era aquele de quem eu dizia: O que vem depois de mim é antes de mim, porque foi primeiro do que eu. E todos nós recebemos também da sua plenitude, e graça por graça. Porque a lei foi dada por Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo. Deus nunca foi visto por alguém. O Filho unigênito, que está no seio do Pai, esse o fez conhecer.”.

Existe uma expressão que é muito repetida por muitos Cristãos de todo o mundo: - Jesus te ama. Essa frase tem um poder tremendo, primeiro por constar o Poderoso nome de Jesus, segundo por expressar a essência de Cristo e a razão de seu sacrifício.
Essa frase tem salvado muitas pessoas ao ser proferida àquelas que, nas paradas de ônibus, nas calçadas, nos terminais, nas ruas, estavam esperando a hora de se jogar na frente de um ônibus, mulheres abandonadas pelos maridos, se vendo sem chão e à beira de acabar com suas próprias vidas, recebem um simples: - Jesus te ama. E todo o sofrimento passa a ter um valor insignificante diante de tal declaração.
Mas, talvez você se pergunte: - Se Jesus me ama, porque estou sofrendo? Porque Ele permite que isso aconteça comigo?
Vivemos nossas vidas, outros sobrevivem nos limites das circunstâncias. A verdade é que bem ou mal, temos experimentado os diversos sabores da alegria e da tristeza. Jesus advertiu: Tenho-vos dito estas coisas, para que em mim tenhais paz. No mundo tereis tribulações; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. João 16.33.
Jesus está dizendo que deseja estar você em todos os momentos, e que com Ele você vai vencer. É uma garantia. Ele não te livra dos problemas, mas te livra no meio dos problemas.
Se você está enfrentando uma dificuldade, se existe, hoje, algo que tira a sua paz e tem sido o motivo de suas lágrimas, quero te mostrar que Jesus ao ser convidado, chamado como socorro no momento oportuno, Ele enfrenta a situação para entrar com providência ao teu favor. Perceba que voltar à Betânia naquele momento era correr risco de vida, pois os judeus queriam apedrejá-los. Mas existia algo mais importante para se preocupar do que os inimigos... eram os amigos de Jesus. Eles estavam sofrendo, chorando a morte de Lázaro. Jesus ao atender o chamado de Marta, nos ensina que podemos contar com Ele na hora da angústia.
Você não é apenas amigo, mas Filho de Deus. Muitas experiências que às vezes causam dor servem como aprendizado para sua vida. A dor não é algo agradável, mas é algo que pelo fato de não queremos senti-la novamente, tendemos a trabalhar, mudar nossas atitudes diante dela e assim vivenciamos experiências diferentes, crescimento e amadurecimento.

Os judeus viram a morte de Lázaro como o fim, pois não conseguiam enxergar com a mesma ótica de Jesus. Ele vê, no impossível, a manifestação da Glória de Deus.
Naquele tempo já haviam as carpideiras, estas profissionais eram mulheres que eram contratadas para prantear nos funerais alheios e muitos judeus estavam ali tentando consolar Marta e Maria, mas no versículo 32, Maria, a irmã de Lázaro, ao saber que Jesus havia chegado, aos prantos, corre em disparada e se lança aos Seus pés, afinal Jesus era o porto seguro daqueles que o amavam. O local mais seguro para se estar em todos os momentos é nos pés de Jesus, humilhando-se com coração quebrantado e sincero, crendo que só Ele pode consolar o seu coração.
Você já percebeu que algumas pessoas se sentem mais consoladas quando sabem que outras pessoas estão passando pela mesma dor ou por algo maior? É uma forma de consolo para elas. Outras pessoas tratam as questões dos outros com frases prontas, tendo a maior facilidade para lidar com a dor  e problema do próximo, aconselhando insensivelmente com atitudes e sentimentos que nem mesmo ela teria se estivesse no lugar da outra.
É aí que entra Jesus, não apenas consolar, mas que isso, sentir a sua dor, chorar com você. Só Ele sabe o tamanho do seu sofrimento e a tua dor.
O que me chama a atenção no texto sobre a ressurreição de Lázaro, é que Jesus, quando foi avisado sobre a enfermidade de seu amigo, já sabia que ele morreria mais tarde. E eu te pergunto: - Se Jesus já sabia que Lázaro estava morto e poderia ressuscitá-lo, porque Ele chorou?
Este é um grande ensinamento que podemos retirar da Palavra de Deus. Em João 11.33-35 diz: Jesus, vendo-a chorar e bem assim os judeus que a acompanhavam, agitou-se em espírito e comoveu-se. E perguntou: Onde o sepultastes? Eles responderam: Senhor, vem e vê! Jesus chorou.
Não importa o tamanho da sua dor, da prova que estás passando, não importa qual seja o problema que te aflige. Você não está só. Não pense que estás sendo provado por um Deus que assiste seu sofrimento de braços cruzados. Você está sendo acompanhado por um Deus que se importa com você. Permite o seu amadurecimento, seu crescimento diante do sofrimento, tornando-a uma pessoa mais forte. Um Deus que vai onde você está, vê o seu sofrimento e coloca-se no teu lugar, sofre com você, chora com você. Ele te ama. Jesus sente a sua dor. Jesus morreu por você e ressuscitou para você. Ele vive.

Não existe melhor ombro amigo do que o de Jesus Cristo. Faça hoje uma oração para que Ele venha te visitar, convide-o. Chore na presença do Senhor, com certeza ele sabe o que fazer, pois ele sente sua dor.
Entenda, Jesus te ama muito.

Que Jesus te abençoe. 

Se você foi abençoado por essa mensagem, comente e compartilhe com seus amigos para que outras vidas também sejam alcançadas e abençoadas.

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Não sei como vai ser, mas sei que o milagre vai acontecer



Quem nunca viu nos jornais ou nos programas policiais, a notícia de um pai de família que havia tirado a própria vida? E quando não se tem informações de qual teria sido o motivo do suicídio, o que podemos imaginar? 

- "Porque ele fez isso?";  "...como pode?", "... porque ele não conversou com ninguém?"
 
Quando ficamos acuados entre os problemas e a impossibilidade de resolvê-los, nem sempre podemos contar com os amigos. Não pela má vontade deles, mas porque as pessoas estão tão ocupadas em busca de seus objetivos, que muitas vezes não enxergam nada além de si mesmas. Talvez aconteçam situações em que nem mesmo a família possa ajudá-lo. É exatamente quando não há caminhos, nem meios, nem condições próprias de resolver um grande problema que você pode estar diante de um processo para um milagre.

Mas quais são as condições e características de um milagre?

1. O milagre tem um propósito.
No livro de João, capítulo 5.1:9, a Palavra de Deus trata sobre a cura de um paralítico no tanque de Betesda, em Jerusalém. Nesse tanque, acreditava-se que o primeiro doente que entrasse naquelas águas, quando elas se movimentassem, seria curado, pois diziam e criam que um anjo descia de vez em quando para agitar as águas. Naquele local encontravam-se cegos, paralíticos, ressicados (pessoas com membros atrofiados), todos eles buscando a cura de suas enfermidades. 
Você consegue imaginar uma multidão de pessoas famintas diante de um, apenas um, prato de comida? Com certeza haveria uma grande luta para que alguém consiga apropriar-se dele e saciar a sua fome. Era assim no tanque de Betesda. Era um tumulto. Afinal, quem não queria ser curado?  A bíblia fala que havia uma multidão de enfermos. Imagine essa multidão esperando o momento exato da agitação da água (que poderia ser gerada por diversos fatores naturais, climáticos, etc.) para entrar no tanque e quando a água se movia, posso crer que não apenas um, mas, muitos entravam ao mesmo tempo e não eram curados, pois o boato que havia se tornado uma crença, dizia que o primeiro que entrasse seria curado. E dessa forma não havia primeiro, pois era uma bagunça. Quantas pessoas colocam sua fé em coisas que não podem lhes ajudar, depositam nas pessoas a esperança de uma vida melhor, afogam objetos de cabeça para baixo, acreditando que através desse castigo conseguirão um companheiro certo. Em quê ou quem você tem depositado a sua esperança? A Bíblia não comenta sobre a cura dos que entravam nas águas, e o fato de não haver essa afirmação nos diz indiretamente que eles não eram curados. Aquelas pessoas acreditavam que a agitação das águas ao toque do anjo curava, mas não há sentido nisso. Que propósito havia em um anjo tocar e agitar as águas do tanque de Betesda? As curas ministradas pelo Senhor Jesus eram geradas pelo arrependimento, fé ou para a Glória de Deus. Em que glorificaria ao Senhor, um aleijado sendo curado por um anjo que descia e agitava as águas? Seria um presentinho ou brinde para o povo?
Se você está passando por uma luta e não consegue entender o porquê de tudo isso estar acontecendo, lembre-se: 
Bem-aventurado o homem que suporta a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam. Tiago 1:12

Toda essa luta tem um propósito. Deus te ama e te capacita a cada dia para a Glória d'Ele. Persevere na sua fé, arrependa-se e Glorifique ao Senhor ainda em meio ao deserto, contemple profeticamente com os olhos espirituais, a tua vitória.

2. Deve ser impossível para o homem e exige perseverança.
Estava ali um homem que havia "38 anos" que estava enfermo. Ele acreditava firmemente que poderia ser curado ali. O grande problema é que sua enfermidade o impossibilitava de locomover-se. Percebe-se que esse homem era uma pessoa esquecida pelos parentes, pois não havia nenhum familiar desejando sua cura que o ajudasse a entrar nas águas. No fundo, aos seus próprios olhos, ser curado era uma situação impossível de acontecer. Como entrar naquela luta e vencer uma multidão enlouquecida? Mas o que me chama a atenção é que aquele paralítico não desistiu de estar ali. Ele queria ficar onde estava sabendo que poderia haver um milagre. 
Como aquele homem, muitas pessoas são enganadas. Vivem e defendem crenças que pela cultura ou tradições familiares são colocadas em suas vidas. Trinta e oito anos não são trinta e oito dias ou meses. É Praticamente uma vida. Jesus não havia nascido e aquele homem já existia.
Você já sentiu a sensação de estar perto e ao mesmo tempo longe de uma vitória? É assim quando temos esperança no que se mostra impossível. A esperança aproxima a realidade impossível. Era assim que ele se sentia. Tão perto do tanque e tão impossível de alcançá-lo.
Mas a vontade de Deus é que todos se salvem. Quando passamos por momentos em que não estamos enxergando nenhuma saída e que todas as possibilidades de vitória foram esgotadas, não adianta se desesperar, temos que confiar, pois Deus nos diz: "E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo. Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte." 2 Coríntios 12:9-10

A Bíblia diz que Jesus viu aquele homem e que já sabia da condição e do tempo que ele estava ali. Meu querido chega um momento em nossas vidas, em que temos a oportunidade de sair do engano, abandonar as velhas práticas e se levantar do chão. 
Diga-me, se Jesus já sabia da condição daquele homem, então porque Ele o perguntou se queria ser curado?
A questão é que Jesus não é invasivo. Nós precisamos dar permissão a Ele para que recebamos as suas bênçãos. 
Talvez você esteja passando por sérias traições no seu casamento, ou com filhos atolados nas drogas. Talvez o desemprego bateu à sua porta, ou quem sabe está sendo perseguido e caluniado por algo que você não fez. E esses problemas têm deixado uma ferida na tua alma. Você sente constantes dores. Talvez você não esteja nessas situações e não esteja fraco ou ferido. Paulo prefere gloriar-se nas fraquezas, pois assim o Poder de Deus habitará nele. Isso quer dizer que apesar da sensação de calmaria, e fortaleza, você não deve esquecer que é dependente da graça e misericórdia de Deus. Nada podemos oferecer ou realizar de nós mesmos sem a intervenção do Senhor. Deus tem um milagre específico para cada pessoa.
Aos dependentes, humilhados e perseguidos, Jesus te pergunta agora: Queres ficar curado(a)? 
Basta uma atitude para que você possa experimentar um grande milagre na sua vida. Basta você estar na presença de Jesus e crer. No lugar onde Jesus está não há doenças, não há morte.
Persevere, creia, busque a presença de Jesus e Ele se deixará ser encontrado.
O paralítico, ao ser perguntado se queria ser curado, estava tão focado em suas crenças, que não percebeu que estava diante da sua cura. Era necessário deixar de olhar para o tanque e olhar para Jesus. Era necessário esquecer o anjo e reconhecer o Senhor. Nossa vitória, nosso milagre não virá de ninguém além de Jesus. Somente Ele pode curar, libertar e salvar. Toma o teu leito e anda.
Jesus já sabe suas impossibilidades e limitações, não coloque obstáculos para a sua cura. Sempre diga para Ele que você crê e que já está agradecido pela fé, mesmo sem merecer.
Ele poderia ter duvidado. Ora, ele estava ali naquela situação há 38 anos e ninguém o tinha ajudado. De repente chega um homem e lhe faz uma pergunta lógica e lhe diz: “Toma o teu leito e anda”. Já pensou se aquele paralítico não tivesse acreditado na ordem de Jesus e tivesse permanecido naquele lugar? Precisamos aprender a ouvir a voz de Jesus, meu amado.  
Hoje Ele te fala: Toma o teu leito e anda. Chegou a hora. Sem mais desculpas, é hora de levantar-se do chão. Bata a poeira e seja restaurado.
Jesus te ama. 

3. O teu milagre é fonte de bênçãos.
Um milagre aconteceu, aquele homem foi curado de sua enfermidade, mas os judeus eram mesquinhos e egoístas, não percebiam o que havia acontecido. Quando Deus age em teu favor, muitas pessoas ao teu redor ao invés de se alegrarem contigo, ficam se perguntando por que as bênçãos não chegam logo para elas, se perguntam: “porque com ele e não comigo?”.
Ao se levantar, ele saiu carregando seu leito. O que antes era motivo de vergonha, agora é motivo de orgulho. É motivo de honra para ele. Chega de ser coitadinho.
Carregando aquele leito, as pessoas não viam a cura, mas a lei, as crenças e o julgavam, dizendo: “Então os judeus disseram àquele que tinha sido curado: É sábado, não te é lícito levar o leito. João 5:10”
Mas ele queria mostrar o seu milagre para todos e logo mais, quando reconheceu que Jesus que o havia curado, no versículo 15, ele anunciou os judeus o motivo de sua alegria.
Contar o seu milagre para aqueles que crêem em milagres é abençoar vidas, ainda que alguns não se alegrem, muitos serão renovados em sua fé, fortalecidos e renovarão suas esperanças em Deus.

Dê o testemunho do teu milagre. Abençoe aqueles que ainda estão esperando algo sobrenatural acontecer em suas vidas.

Que Deus te abençoe! Desejo que esta mensagem do céu tenha tocado o teu coração e que te dê motivos em Jesus para levantar-se e ser restaurado.

Abençoe esse blog, seguindo deixando seu comentário e assinando nossos feeds.

Jesus te ama muito!




segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Casados e separados


Isto vos mando: Que vos ameis uns aos outros.
Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós, me odiou a mim.
Se vós fósseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas porque não sois do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos odeia.
João 15:17-19

Como cristãos, logicamente, temos um relacionamento com Cristo. Mas não um relacionamento superficial, é um relacionamento sério, o qual temos a segurança de dizer que nunca seremos abandonados. Podemos ter a certeza de que não se trata de um relacionamento de interesses. Afinal, o que podemos oferecer à Deus, além de nossa adoração, fidelidade, amor?
Nesse relacionamento, Cristo como noivo de sua igreja (nós), sacrificou-se por cada um, como fruto de um verdadeiro e incomparável amor. Assim como está escrito em Romanos 8:38-39 “Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem anjos, nem principados, nem coisas presentes, nem futuras, nem potestades, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.”  
Segundo o que está escrito na Palavra de Deus em Romanos 8:38-39, não existe nada, exatamente nada que possa nos separar do amor de Deus. 
Ainda que eu não cresse n'Ele, mesmo assim Ele demonstra que me ama todos os dias, me dando a oportunidade de amá-lo e também ao perdoar os meus pecados, não os lança em rosto, pois os tem apagado e não se lembrará mais.
Um relacionamento sério com Deus precisa ter um requisito a ser preenchido, que é a separação com o mundo. Separados do mundo, no sentido de rejeitar o pecado que é diariamente oferecido na bandeja, ser sal e luz.
Deus é Santo, puro e por isso, não se suja com pecado. Luz não pode estar junto com trevas. 
O amor de Deus se renova a cada dia, ou seja, todos os dias acordamos com a certeza de que, apesar dos teus pecados e arrependimentos, o Senhor te ama do mesmo jeito.
É o relacionamento mais sincero do mundo. 

Valorize quem tanto te valoriza. Quem derramou não apenas gotas, mas o seu sangue por você. 
Ele te ama incondicionalmente.
Deus os abençoe!
Postagens relacionadas