Receba Nosso Feed

Receba Todas as Nossas Atualizações em Seu E-mail:

Páginas

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Rede de Mentiras


MATEUS 28.11-15
Enquanto as mulheres ainda estavam no caminho, alguns dos soldados que estavam vigiando o túmulo voltaram para a cidade e contaram aos chefes dos sacerdotes tudo o que havia acontecido. Os chefes se reuniram com os líderes judeus e fizeram os seus planos. Então deram uma grande quantia de dinheiro aos soldados e ordenaram o seguinte: — Digam que os discípulos dele vieram de noite, quando vocês estavam dormindo, e roubaram o corpo. Se o Governador souber disso, nós vamos convencê-lo de que foi isso mesmo o que aconteceu, e vocês não terão nenhum problema. Os soldados pegaram o dinheiro e fizeram o que os chefes dos sacerdotes tinham mandado. E esse boato se espalhou entre os judeus até o dia de hoje.
 Todos os dias temos a oportunidade de conhecer algo novo. Podem ser sentimentos, pessoas, experiências novas, gírias, enfim. Nesse mundo de aprendizagens e descobertas, tem algo que eu gostaria de nunca termos conhecido, e chama-se: Mentira.
Estamos acostumados a lidar com situações em que muitas vezes, para o nosso benefício, precisamos dar uma jeitinho. Sabe aquele compromisso que você marcou e não foi... pois é, geralmente, você mente pra sair bem na fita e sair ileso de uma situação.
O problema é que esse "jeitinho" vai passando despercebido e chega a um ponto que você nem sente mais.
Não pense que eu estou querendo apontar nos outros, falhas que também há em mim. Todos somos falhos, pecadores.
Mas a partir do momento que reconhecemos nossas falhas, procuramos entender nossas fraquezas, sendo sinceros condigo mesmos, conseguiremos entender as falhas dos outros e nos colocar numa posição diferente da de juízes.
A igreja não é um lugar repleto de pessoas certinhas com modelo de comportamento. A igreja é um local onde o "eu" deve ser confrontado, onde as distorções de caráter devem ser denunciadas, enfrentadas e tratadas.
O problema é que as pessoas olham o seu reflexo em um espelho e vêem uma imagem nítida de uma casca polida. Vêem apenas o brilho no vermelho da maçã.
Não podemos nos acostumar com as mentirinhas. Elas agem como anestésico na consciência, um remédio com o prazo de validade já vencido, pois a qualquer momento você poderá sentir os desconfortos dos efeitos colaterais.
Em Mateus 28.11:15, vemos como uma mentira pôde trazer um grande prejuízo para os judeus. A ressurreição de Jesus, o terremoto, o anjo sobre a pedra que fechava o túmulo, enfim, tudo o que os soldados presenciaram aterrorizados, foi contado para os chefes  dos sacerdotes, mas, eles inventaram uma mentira e compraram os soldados para que não espalhassem a verdade. Era uma prova incontestável para os soldados, mas foram comprados. Satanás havia enchido os corações dos chefes dos judeus.
Mas quando o pai da mentira vê o homem diante de uma situação que não há com duvidar da Glória de Deus, ele utiliza uma de suas ferramentas prediletas, a mentira, para enganar e confundi-lo.
Diariamente,  cruzamos com as oportunidades de criar um participar de mentirinhas. Algumas mais comuns e talvez enganosamente imperceptíveis, são do tipo:
  • "tive um probleminha com o trânsito, por isso me atrasei." Quando na verdade, você não estava tão preocupado com a pontualidade.
  • "mãe! hoje vai haver 5ª aula na escola, talvez eu chegue um pouco tarde". Quando na verdade, a jovem já sai de casa para escola com outra roupa por baixo do uniforme, na intenção de ir pra casa do namorado.
Pequenas mentiras vão sendo depositadas no coração e aos poucos vão fazendo parte dele. Com isso se perde credibilidade, confiança e amigos.
Existe uma mentira dentre muitas, que satanás tem plantado no mundo e tem destruídos muitas vidas. É a afirmação: "Não estou pronto pra aceitar a Jesus, não estou preparado. Primeiro quero mudar, depois vou segui-lo". 
A verdade é que ninguém está pronto. Nunca estaremos prontos. Estamos em constante aprendizado. Jesus não chamou os doutores da Lei para serem seus discípulos, mas homens simples e despreparados. Pessoas ocupadas em outros serviços, cheios de responsabilidades, como se diz: pessoas "sem tempo". Deus não se agrada de preguiçosos e desocupados. Uma oportunidade deve ser agarrada. O problema é que as pessoas se vêem ocupadas e com responsabilidade e colocam suas ocupações como prioridade em suas vidas. Acham que longe de Jesus, no mundo, elas podem mudar, serem tratadas. Jesus é quem salva, liberta e perdoa o homem de seus pecados. Não há mais tempo. As pessoas rejeitam o convite de Jesus, como se tivessem bastante tempo para escolher. Jesus voltará. Não se sabe o dia, nem a hora. Quando não se sabe uma data, não se sabe o tempo que se tem. Não há data, não há tempo. 

Vocês sabe quando uma mentira se torna "verdade"? Quando ela é propagada, disseminada repetidamente, acaba virando uma falsa verdade, uma mentira maquiada de verdade.  
Isso também acontece quando muitas pessoas concordam com algo, julgando estarem certas, gerando no outro que pensa diferente, a dúvida: - Ou estou certo sozinho ou errado como eles. Mas a tendência é seguir a multidão. É um perigo ser levado pela multidão. E assim aconteceu em Mateus 28.11:15, onde uma mentira inventada pelos chefes dos judeus incrédulos foi propagada até os dias de hoje.
Devemos fugir das mentirinhas, falar somente o que sabemos e o que edifica, examinar as escrituras como os irmãos de Beréia (Atos 17.11) para não cairmos nas redes de mentiras de satanás.
Jesus influenciava com verdades, paralelo a isso, satanás enchia os corações dos homens, que viam os milagres acontecendo e queriam encontrar uma lógica natural, ouvindo o próprio ego.
Jesus é o maior exemplo para ser seguido. Ao olhar no espelho, nas reflexões diárias, procure enxergar Jesus em você. Assim, com suas atitudes todos O verão em você.
Leia a Bíblia, o manual de vida do ser humano.

Deus os abençoe.

Flademir Bernardo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Enriqueça mais essa discussão com seu comentário.

Postagens relacionadas