Receba Nosso Feed

Receba Todas as Nossas Atualizações em Seu E-mail:

Páginas

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Coluna da Casa



A quem vencer, eu o farei coluna no templo do meu Deus, e dele nunca sairá; e escreverei sobre ele o nome do meu Deus, e o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu, do meu Deus, e também o meu novo nome.
Apocalipse 3:12

Jesus é o referencial na vida de todo o cristão. Quando somos confrontados em nossas idéias, atitudes, geralmente procuramos extrair de nós uma forma de justificá-las. A razão torna-se algo a ser conquistado a qualquer custo. Dificilmente vemos pessoas reconhecendo um erro.
Um grande problema nessas discussões é a pequena palavra “mas”.
Temos que aprender a lidar com nossos irmãos. Existem pessoas que são muito amigáveis com os “de fora” e tratam os “de dentro” de uma forma intolerante, sendo rudes, prontos para reagir a uma pequena falha, quando na verdade, sabemos que a família é projeto de Deus para a vida do homem.
De que adianta ser uma pessoa querida por aqueles que não convivem com você e tratar mal os familiares?
A Bíblia diz lá em Lucas 11:17 “Mas, conhecendo ele os seus pensamentos, disse-lhes: Todo o reino, dividido contra si mesmo, será assolado; e a casa, dividida contra si mesma, cairá.”
A leitura da Bíblia se faz necessário para que possamos aprender com Jesus, aprender de Sua sabedoria e viver conforme a vontade de Deus.
Coluna no Wikipedia é explicada como um “elemento arquitetônico destinado a receber as cargas verticais de uma obra de arquitetura (arco, arquitrave, abóbada) transmitindo-as à fundação.”
A Palavra diz em Ap 3.12 "A quem venecer, eu o farei coluna no templo do meu Deus, e dele nunca sairá". 
Quando confessamos o Poderoso Nome de Jesus, estamos vencendo o mundo, quebrando as barreiras de separação, estamos purificando nosso coração, estamos ligando na terra e automaticamente ligando no céu um relacionamento direto com Deus, o qual a partir daí nos chama de Filhos, segundo a sua palavra em João 1:12-13 ""Mas, a todos quantos o receberam, aos que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus. assim como em João 3.1 "Vede que grande amor nos tem concedido o Pai: que fôssemos chamados filhos de Deus; e nós o somos. Por isso o mundo não nos conhece; porque não conheceu a ele.
Agora como Filhos de Deus, temos o dever de viver este poder. 
Ser reconhecido como Filho de Deus traz uma responsabilidade muito grande. Você se torna um referencial, nem que seja para ser criticado, muitos esperam daqueles que levantam a bandeira de Deus abertamente um testemunho de vida irrepreensível. Precisamos estar constantemente fazendo uma auto-análise. Somos colunas de Deus em nossas casas, na faculdade, no trabalho, onde estivermos precisamos influenciar para o bem e como "sal da terra", causar sede nas pessoas. Gerar dúvidas sinceras. Fazer a pessoa descobrir por si só, porque não murmuramos em meio às lutas, porque nos calamos diante de calúnias, porque choramos na presença de Deus.

Mas as vezes acontece um problema na auto-análise, é algo muito imperceptível, tipo como se alguém no momento da examinação acionasse um botão que envia a informação para o cérebro dizendo: "análise concluída, estou irrepreensível". E aquela coluna ao invés de receber a carga da fundação, passa a ser o peso, o fardo, pois não transmite a segurança que uma coluna bem alicerçada deveria. 
Ser "coluna da casa" significa ser pilar de segurança. Significa que você deve orar pela sua casa, por seus familiares, amigos. Significa ser disponível para ouvir e disposto a ajudar. Muitos querem ter as respostas dos problemas dos outros, sem saber ouvir, sem se colocar no lugar do outro, utilizando apenas suas próprias experiências, sem se deixar ser guiado pelo Espírito Santo. Uma coluna sabe ouvir, receber as cargas, chorar com o irmão e ajudá-lo. Uma base de sustenção suporta o peso com os mais fracos, e os ajuda a crescer e ser fortes. "Fazei discípulos..." Isso não quer dizer com nossas próprias forças, mas com o poder d'Ele que recebemos quando reconhecidos por Ele como seus filhos, como disse: "deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus".
Lembre-se você é coluna onde quer que esteja. Seja o exemplo. 

Sê tu uma benção! 

Deus te abençoe. Compartilhe este texto!
Como colunas podemos abençoar vidas, apenas enviando aos amigos estudos como este para que haja reflexão. Seja uma benção na vida de seus amigos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Enriqueça mais essa discussão com seu comentário.

Postagens relacionadas